quarta-feira, 18 de abril de 2012

Opções que cabem no bolso #3: Red Ales

Desde o ano passado, quando comecei a beber cervejas especiais, tenho visitado supermercados atrás de novas cervejas e de preços baixos. Nos posts anteriores desta série Opções que cabem no bolso, falamos sobre Weissbiers e belgian strong ales.. Agora, aqui estou de volta, falando sobre as red ales.

São cervejas de coloração entre cobre escuro e marrom escuro - que contra a luz se mostram avermelhadas -, límpidas e de creme bege. Tem aroma moderado de malte, às vezes caramelo ou torrado. Já o lúpulo... depende. Algumas têm bastante, outras têm tão pouco que pode passar despercebido. O corpo é médio com sabor adocicado de malte caramelo, podendo apresentar amargor de malte torrado e lúpulo. A graduação alcoólica costuma variar de 4,0% a 6,0%, segundo o BJCP, mas algumas podem passar disso, como alguns dos exemplos que irei citar. Para facilitar, decidi ordená-las pela relação custo/benefício - na minha humilde opinião.



Que tal pagar 15 pratas em uma garrafa estilosa de 750 ml? Essa é a Sankt Gallen Red Ale, ela é da Therezópolis, da cidade de Teresópolis (RJ) e tem características mais "extremadas". Os aromas bem pronunciados de malte caramelo e frutas vermelhas são o charme dela. O sabor tem uma doçura muito legal, mas não exagerada, misturando malte caramelo e frutas. O álcool está bastante presente tanto no aroma quanto no sabor, afinal, são 9,2% ABV. Apesar disso, não chega a ser agressivo, o que a torna fácil de beber. Bebi os 750ml sozinho e fiquei de boa, mas aconselho fazer uma pausa antes de partir a próxima.

A próxima, aliás, também é nacional e na mesma faixa de preço - apesar de ter um pouco menos de volume, 600 ml. A Baden Baden Red Ale vem de Campos do Jordão (SP). A cervejaria foi uma das primeiras artesanais do Brasil, e hoje pertence ao grupo Schincariol. Não há motivos para preconceitos. Apesar de não ser muito fã dessa cervejaria, essa red ale é muito boa e me faz pensar em experimentar novamente as outras do portifólio. Assim como a anterior, possui 9,2% de teor alcoólico, mas aqui o álcool "pega" mais. Está presente no aroma, no sabor e na "conclusão" - portanto, cuidado. Coloração marrom escuro, que contra a luz se mostra um vermelho rubi lindo. A espuma dela é realmente cremosa e muito persistente. Os aromas dominantes são do malte levemente torrado e caramelo, lúpulo herbal e um pouco de álcool. Sabor adocicado e de leve amargor, corpo médio e final quente e levemente amargo. Vá devagar na dose!

Os dois exemplos acima podem ser considerados como barley wine por algumas pessoas e sites especializados. Isso acontece porque os estilos são "similares", eu diria que o barley wine é uma red ale plus, pois esse estilo tem praticamente as mesmas características da red ale só que muito mais potencializado. Mais malte, mais lúpulo, mais frutado e etc. Uma comparação superficial entre a red ale e o barley wine pode ser feita no BJCP.

Voltemos ao que interessa! A cerveja da vez é uma irlandesa, prima da Guiness, a única gringa da história de hoje. Um exemplo autêntico de representação do estilo - e a mais cara do pacote, cerca R$ 10 pela long neck de 330 ml. A Murphy's Irish Red é bem levinha e ótima para sair da "mesmice" no verão. O liquido é cobre escuro com aromas de malte caramelo e um toque de lúpulo. O sabor segue o aroma, primeiro vem o adocicado e depois um leve amargor de lúpulo. Arrisco-me a dizer que tem um certo toque de amêndoas e madeira.

Vale citar ainda a Mistura Clássica Red Ale, também na faixa dos R$ 15, apesar de eu ter achado pouco condizente com o estilo - tem malte torrado em excesso -, é uma boa cerva.

Essas são as mais comuns de se encontrar em mercado, pode ser que uma mais do que a outra, mas no geral é isso. Nas lojas e bares especializados deve ser possivel encontrar a maioria, além de outras.

5 comentários:

  1. Só tomei a Baden Baden Red Ale, realmente é gostosa e vou te falar fumando um charuto e tomando-a, fica mais gostosa ainda.
    E eu já te falei que vale a pena você experimentar de novo as outras da Baden Baden, como por exemplo a Weiss deles, é boa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, um dia eu tomarei novamente a linha deles, mas no momento estou mais interessado na sazonal deles. Se não me engano tem alguma loja fazendo promoção da Christmas Ale.

      Apesar de gostar de charutos, ainda não ousei em tentar esse tipo de experiência. Conte-me mais sobre isso :P

      Excluir
  2. Essa Sankt Gallen Irish Red Ale é bem saborosa...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente é muito boa. Já estou com outra aqui...

      Excluir

Caro leitor,

Deixe aqui sua mensagem com opiniões, sugestões, elogios ou críticas. Toda contribuição para aprimorar o conteúdo do blog é bem-vinda.

ALERTA: Qualquer comentário de conteúdo ofensivo será sumariamente deletado, bem como spam e comentários de anônimos. Postem com responsabilidade.

O Editor